O Xbox One sem Kinect ajudará a rivalizar com o PS4? |

Caso você não tenha ouvido, a Microsoft anunciou ontem à noite que venderia um Xbox One sem sua câmera de rastreamento de movimento Kinect. Esta é talvez a segunda maior reviravolta que a empresa fez desde o anúncio original do console, onde, após uma reação sem fim, voltou atrás em ideias para que estivesse sempre ligado e sempre assistindo. O Kinect, no entanto, permaneceu, com a Microsoft sugerindo que era absolutamente necessário que a máquina operasse como pretendido, mas, como esperado, elevou o preço, deixando o PS4 como uma opção muito mais acessível para jogos de última geração. Sem a câmera, porém, a Microsoft está reduzindo o preço, tornando-o mais competitivo.

Não é cortar centenas de libras, é claro, mas o preço está caindo $ 100 nos EUA de $ 500 para $ 400 e aqui em Blighty, o preço está caindo para £ 350. Isso não é uma queda tão grande, já que você pode encontrar o sistema em alguns varejistas por apenas um pouco mais do que isso agora - e isso é com o Kinect - mas ainda alinha o XBox One com o PS4, que é onde claramente precisa ser.

Uma versão do sensor Kinect será disponibilizada ainda este ano, como uma opção de atualização independente.




Ah... muito melhor.

Do jeito que está, a Sony está ganhando facilmente quando se trata de vendas de sistemas e jogos, com os consumidores comprando mais de sete milhões de sua mais recente máquina de jogos desde o lançamento no final do ano passado. Comparativamente, as últimas estatísticas que tínhamos da Microsoft eram de que ela havia sido enviada, cinco milhões. Embora, sem dúvida, a maioria deles tenha sido vendida aos consumidores, o envio significa simplesmente que esse número foi enviado aos varejistas. Há pelo menos uma lacuna de dois milhões de máquinas e isso pode se tornar uma bola de neve se a Microsoft não a recuperar de alguma forma.

Em outro movimento para tentar afastar os jogadores da multidão da Sony, a Microsoft também está mudando seus jogos gratuitos com o sistema de assinaturas Gold. Daqui para frente, vai oferecer quatro jogos grátis por mês, dois para o Xbox One e outros dois para o Xbox 360. Os primeiros oferecidos, de acordo com Eurogamer , serão Max: The Curse of Brotherhood, Halo: Spartan Assault, Dark Souls e Charlie Murder. Também está previsto um título de lançamento de bônus extra, Super Street Fighter 4: Arcade Edition.

A questão é, será que isso vai funcionar?

A queda de preço, a falta de câmera Kinect e jogos extras grátis tornam vocês mais propensos a comprar um Xbox One?