Valve atualiza regras de presentes do Steam para limitar os principais revendedores |

A Valve mudou as regras para a troca de presentes do Steam, o que supostamente impedirá ou pelo menos prejudicará as empresas que tentam revender rapidamente as chaves do jogo como presentes. Todos os novos jogos comprados como presente serão armazenados no inventário do comprador por 30 dias antes de serem vendidos ou trocados.

Tony Paloma da Valve anunciado a última jogada, dizendo que: Todos os novos jogos comprados como presente e colocados no inventário do comprador não serão negociáveis ​​por 30 dias. O presente ainda pode ser presenteado a qualquer momento. A única mudança é a negociação.



Fizemos essa alteração para tornar os presentes de troca uma experiência melhor para quem recebe os presentes. Esperamos que isso diminua o número de pessoas que trocam por um jogo apenas para que o jogo seja revogado posteriormente devido a problemas com a forma de pagamento do comprador.

Isso prejudicará sites como G2a ou Kinguin, que apresentam vendedores que compram chaves a granel e as vendem com desconto para se livrar delas rapidamente. Se a Valve não conseguir processar o pagamento original, as chaves do Steam serão revogadas. No entanto, isso raramente acontece, o caso mais recente de chaves sendo revogada surgiu no início deste ano, com o lançamento do Sniper Elite 3.

Há sempre um grau de risco quando se trata de comprar de revendedores importantes. Essa nova mudança de regra provavelmente prejudicará os principais sites de venda, mas duvido que os mate completamente. O que vocês acham disso? Você já comprou de revendedores importantes ou só lida diretamente com sites como Green Man Gaming ou Steam?