Valve remove ódio do Steam Greenlight |

Vocês provavelmente já ouviram falar do Hatred, o jogo que gira em torno do assassinato em massa em uma visão isométrica. Ao lançar o trailer do jogo, o desenvolvedor, Destructive Creations, tornou-se um ponto de discussão instantâneo, com muitos levantando os braços exigindo que o jogo fosse cancelado.

O jogo ainda está em desenvolvimento, mas não chegará ao Steam. O título tentou entrar no serviço através do sistema Greenlight. No entanto, uma vez que isso chegou às notícias, a Valve foi rápida em desligá-lo e garantir que o jogo não chegasse ao Steam.



Com base no que vimos no Greenlight, não publicaríamos Hatred no Steam. Como tal, vamos derrubá-lo, disse Doug Lombardi, da Valve, à Eurogamer.

Este é um desenvolvimento interessante, pois recentemente a Valve não se interessou pela curadoria de sua plataforma, permitindo que os editores despejem grandes quantidades de títulos antigos no Steam de uma só vez.

Além disso, jogos como Postal estão prontamente disponíveis na plataforma da Valve, que também permite cometer vários crimes e matar pessoas em massa de várias maneiras.

Após a controvérsia inicial, não é de surpreender que a Valve tenha sido rápida em remover o Hatred do Steam Greenlight, os sites de jogos provavelmente causariam um alvoroço sem fim se o título tivesse sido autorizado a ficar. O que vocês acham disso? A Valve estava certa em fazer isso?

Fonte: Eurogamer