Análise do Cooler de CPU Thermalright Silver Arrow IB-E |- Parte 5

1. Introdução2. Embalagem e Pacote3. O Cooler de CPU Thermalright Silver Arrow IB-E4. Instalando a Thermalright Silver Arrow IB-E5. Metodologia de Teste e Overclocking6. Desempenho térmico7. Desempenho Acústico8. Considerações finais9. Ver todas as páginas

Para testar o desempenho do Thermalright SilverArrow IB-E, construímos um poderoso sistema baseado em X79 em um banco de teste aberto para levar o cooler aos seus limites. Como estávamos testando em um banco de testes aberto, dirigimos um Be Quiet! Ventoinha Shadow Wings de 120 mm no circuito VRM para simular melhor o fluxo de ar gerado em um gabinete.

Refrigeradores testados



  • Thermalright Silver Arrow IB-E
  • Edição especial Thermalright Silver Arrow SB-E
  • Noctua NH-D15 (ventiladores em 12V)
  • Noctua NH-D15 (ventiladores a 7V)
  • Phanteks PH-TC14PE (ventiladores em 12V)
  • Noctua NH-D14 (ventiladores em 12V)
Sistema de teste
    Processador:Intel Core i7-3930K Placa-mãe:Asus P9X79 Memória:16 GB (4 x 4 GB) Mushkin Blackline 1600 MHz Pasta térmica:Arctic Cooling MX-2 Placa de vídeo:AMD Radeon HD 7950 Placa gráfica (testes de ruído):HIS Radeon HD 5550 Silêncio Fonte de energia:Seasonic Platinum P1000W
Programas
  • Prime 95 (64 bits)
  • Monitor de Hardware CPUID

Overclock

Fizemos o overclock manual do i7-3930K para 4,7 GHz aumentando o multiplicador para 47x, deixando o baseclock definido em 100 MHz. Definimos a Calibração da linha de carga como 'Alta' e aumentamos a capacidade de corrente da CPU para 120% com um pequeno aumento de tensão. A etapa de velocidade foi desabilitada para testes de estoque e overclock.