Steam e uPlay multados na França por violar lei de proteção ao consumidor |

A Valve não é estranha aos governos que questionam a política de reembolso do Steam. A situação na Austrália pode ter terminado, mas agora as autoridades na França querem dar uma chance à equipe jurídica da Valve. Na França, tanto a Valve quanto a Ubisoft foram multadas por violar as leis do consumidor.

Essas multas foram emitidas por uPlay e Steam com uma política de reembolso insatisfatória com base nas leis do consumidor na França. Como relata o Gamasutra, isso resultou em um aviso de 'não conformidade' sendo colocado nos sites Steam e uPlay na França, além de uma multa de € 180.000 para a Ubisoft e € 147.000 para a Valve.



O Steam tem uma política de reembolso geralmente bem aceita há algum tempo. Coincidentemente, essa política entrou em vigor alguns meses depois que os cães de guarda do consumidor da Austrália começaram a ter problemas com o Steam. No entanto, na França, as leis do Código do Consumidor afirmam que todos os compradores devem ter 14 dias para devolver um produto e obter um reembolso.

A Valve permite que as compras no Steam sejam reembolsadas em até 14 dias. No entanto, o problema é que você não pode ter jogado mais de duas horas de um jogo. Na outra extremidade do stick, você tem o uPlay, que atualmente não possui política de reembolso.

Isso é estranho porque a Valve oferece reembolsos de 14 dias há algum tempo. A Ubisoft, por outro lado, poderia resolver uma ferramenta de reembolso semelhante à que está disponível no Steam.