Sharp apresenta tablet Windows 8.1 Pro com resolução 3200*1800 |

A Sharp Corp. anunciou esta semana um novo tablet para usuários empresariais e profissionais que tem tela 15.6 com resolução 3200*1800 e roda o sistema operacional Windows 8.1 Pro. A ardósia pode ser uma solução ideal para muitos especialistas que precisam de exibição de alta qualidade, mas não precisam digitar muito. Infelizmente, a produção do tablet será muito limitada.

O Sharp RW-16G1 é baseado no microprocessador dual-core Intel Core i5-4200U (taxas de clock de 1,60 GHz/2,60 GHz, cache L2 de 3 MB, TDP de 15 W, gráficos Intel HD 4400) e vem com 4 GB de memória DDR3 e 128 GB de armazenamento em estado sólido. A principal vantagem do tablet é sua tela de 15,6 (aproximadamente do tamanho de uma folha de papel A4) com painel IGZO e resolução de 3200*1800.

Assim como qualquer notebook moderno de última geração, o RW-16G1 possui tecnologias sem fio Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e NFC; Webcam de 2MP, leitor de cartão SD, saída mDP, saída HDMI e três portas USB 3.0. Assim como outros tablets profissionais, a novidade ostenta uma caneta, acelerômetro, giroscópio, sensor geomagnético e assim por diante.



O tablet possui o sistema operacional Microsoft Windows 8.1 Pro, que permite lançar todos os programas já desenvolvidos para Windows. Lamentavelmente, nem todos os aplicativos para Windows suportam uma densidade de pixels tão alta que a tela de 15,6 com resolução de 3200*1800 oferece.

O tablet RW-16G1 tem 12,5 mm de espessura, pesa cerca de 1,25 kg e pode trabalhar por até nove horas com bateria, o que está alinhado com notebooks de última geração.

A Sharp produzirá apenas três mil unidades RW-16G1 por mês, o que é uma quantidade muito baixa. Além disso, o produto estará disponível apenas no Japão, pelo menos inicialmente. O tablet chegará ao mercado algumas vezes em março. Seu preço é desconhecido.

Considerando que nem todo mundo precisa digitar muitos textos, enquanto pequenas quantidades de textos podem ser digitadas por voz ou caligrafia, para muitas pessoas tablets como este podem facilmente substituir os notebooks nos próximos anos.