Vendas de placas gráficas para desktop atingiram o menor nível em 10 anos no segundo trimestre de 2015 |

As vendas de placas gráficas para desktops caíram novamente no segundo trimestre de 2015, segundo dados da Jon Peddie Research. A participação de mercado de Advanced Micro Devices também atingiu uma nova baixa durante o trimestre.

As remessas de adaptadores gráficos discretos para desktops caíram para 9,4 milhões de unidades no segundo trimestre de 2015, quantidade mínima em mais de dez anos. De acordo com a JPR, as vendas de placas gráficas caíram 16,81% em relação ao trimestre anterior, enquanto as vendas de desktops caíram 14,77%. A taxa de conexão de placas gráficas adicionais (AIBs) a PCs de mesa caiu de 63% no primeiro trimestre de 2008 para 37% neste trimestre. As vendas médias de placas gráficas foram de cerca de 15 milhões de unidades por trimestre nos últimos anos, mas caíram acentuadamente em 2014.



A Nvidia continuou seu domínio no mercado de placas gráficas discretas para desktop. A participação de mercado da empresa aumentou para 81,9%, um recorde histórico. Por outro lado, as vendas de adaptadores gráficos AMD Radeon diminuíram ao mínimo em mais de 10 anos. A participação da AMD caiu para 18% no segundo trimestre de 2015, que é a menor participação que a AMD teve na história. A maior fatia do mercado de desktops discretos que a AMD já teve foi de 55,5% no terceiro trimestre de 2004, de acordo com Jon Peddie Research. A AMD vendeu cerca de 35% de unidades de processamento gráfico discreto para desktop nos últimos quatro anos. A participação da AMD começou a se contrair acentuadamente depois que a Nvidia lançou suas placas gráficas GeForce GTX 970 e 980 no terceiro trimestre de 2014. Em cerca de um ano, a AMD perdeu 20% da participação de mercado que controla.

Nota: Alguns números são estimativas.

A JPR afirma que, enquanto o mercado de AIBs de desktop está diminuindo, as vendas de placas gráficas caras usadas pelos jogadores estão aumentando.

No entanto, apesar do declínio geral, um pouco devido aos tablets e gráficos incorporados, o impulso dos jogos para PC continua a crescer e é o ponto positivo no mercado AIB, disse Jon Peddie, chefe da JPR.

As remessas totais de unidades de placas gráficas para desktop da AMD de trimestre a trimestre diminuíram 33,3%. As remessas de unidades trimestrais da Nvidia diminuíram 12%.

Vale ressaltar que a AMD está perdendo participação de mercado apesar de possuir unidades de processamento gráfico bastante competitivas. Melhorias adicionais dos processadores gráficos integrados diminuirão as vendas de placas gráficas adicionais.