Randy Pitchford acha que os fãs estavam errados em processar Aliens: Colonial Marines |

Aliens: Colonial Marines era um jogo altamente antecipado há alguns anos. Ele tinha uma demonstração incrível na E3 que enganou a imprensa e os fãs com uma impressionante fatia vertical do jogo que acabou não sendo nada como o produto final. Como você pode imaginar, os fãs ficaram chateados depois de serem enganados em várias ocasiões e iniciaram uma ação judicial contra a Sega e a Gearbox Software.

Depois de um tempo, a Gearbox Software foi retirada do processo, enquanto a Sega conseguiu se contentar com US$ 1,25 milhão. No entanto, o CEO da Gearbox, Randy Pitchford, não ficou quieto quando se trata de sua opinião sobre o processo. Falando com GamesIndustry International , Pitchford afirmou que o processo foi uma grande perda de tempo e passou a dizer que os fãs envolvidos estavam usando táticas de extorsão ao estilo da máfia.



Apesar da propaganda enganosa e descarada que ocorreu com Aliens: Colonial Marines, Pitchford tem a impressão de que “o mercado” deveria julgar os produtos e não o sistema legal: o mercado provou que estava fazendo seu trabalho perfeitamente. O mercado é desapaixonado – recompensando o que gosta e punindo o que não gosta. Há objetividade e justiça na justiça dura e firme do mercado aberto.

Aliens: Colonial Marines foi uma das decepções de maior destaque nos últimos anos, então não é de admirar que os fãs tenham ficado bravos quando foi lançado. Infelizmente, parece que a Gearbox nunca vai admitir que errou ao desenvolver esse jogo.