Qualcomm nega que a LG tenha abandonado o Snapdragon 810 por problemas de calor |

A Qualcomm não está muito feliz com a quantidade de negatividade em torno de seu mais recente chip móvel, o Snapdragon 810. As especulações sobre problemas foram ainda mais alimentadas depois que o LG G4 foi revelado usando o processador Snapdragon 808, apesar de vazamentos e rumores anteriores sugerindo que o Snapdragon 810 seria usado.

No entanto, a Qualcomm agora defende seu chip, alegando que não tem problema de superaquecimento e que a LG havia tomado a decisão de usar o Snapdragon 808 há mais de um ano. Os comentários foram feitos por Tim Mcdonough, chefe de marketing da Qualcomm. Falando com a CNET ele disse: As decisões sobre quais chipsets colocar em quais aparelhos vêm de mais de um ano atrás.



Embora a LG não tenha usado o Snapdragon 810 para seu carro-chefe G4, o G Flex 2 faz uso do chip, que não encontrou problemas até agora. A HTC também está usando o Snapdragon 810 dentro do HTC One M9. No entanto, o carro-chefe da HTC é conhecido por ficar bastante quente, uma imagem do mapa de calor mostra o dispositivo ficando significativamente mais quente do que alguns dos melhores telefones do ano passado.

Adicionalmente, em um vídeo feito pelo YouTuber, Austin Evans , ele comenta que o One M9 fica quente ao toque mesmo durante o uso leve do aplicativo. No entanto, a construção toda em metal do M9 não ajudaria no que diz respeito às térmicas.

Existem outras empresas planejando usar o Snapdragon 810 em seus dispositivos este ano, então o problema pode não ser tão ruim quanto todos pensam. Dito isto, há evidências suficientes para mostrar que o 810 fica significativamente mais quente que os chips anteriores, apesar do que a Qualcomm diz.

A preocupação com os possíveis problemas de calor do Snapdragon 810 não é injustificada, mas pode ser um pouco exagerada. Aparentemente, a Samsung pode estar a bordo para ajudar no Snapdragon 820 do próximo ano, então talvez veremos algumas melhorias no futuro.