Microsoft aumentará desempenho de GPU do Xbox One com patch |

O Xbox One da Microsoft Corp. não possui uma unidade de processamento gráfico (GPU) tão poderosa quanto o Sony PlayStation 4. Além disso, ele realmente reserva 10% do desempenho da GPU para as necessidades do sensor de movimento Kinect 2. Prevê-se que um novo patch para o Xbox One deixe de reservar potência da GPU para o Kinect e aumente o desempenho em videogames exigentes.

Embora a arquitetura de hardware do PlayStation 4 e do Xbox One seja muito semelhante – núcleos de processamento de uso geral AMD Jaguar x86, bem como unidades de processamento gráfico AMD Radeon GCN – o desempenho dos dois consoles é diferente. A GPU do Xbox One possui 768 processadores de fluxo (12 unidades de computação), enquanto a GPU do PS4 possui 1152 processadores de fluxo (18 unidades de computação), razão pela qual o último fornece taxas de quadros mais altas do que o primeiro em vários jogos.

Além do fato de que a Sony parece ter uma GPU mais potente, a Microsoft reserva 8% da potência da GPU do Xbox One para processamento de vídeo do sensor de movimento Kinect 2 e 2% para processamento de áudio em todos os casos (mesmo quando um jogo não usa Kinect), o que ainda reduz a quantidade de quadros que o console pode renderizar em um segundo.



Aparentemente, a Microsoft entende todas as ressalvas que sua decisão de reservar 8% da potência da GPU para o processamento de vídeo do Kinect, e é por isso que está trabalhando em um patch que removerá o requisito e aumentará o desempenho gráfico do Xbox One, relata HotHardware citando um insider da indústria.

Embora o aumento de desempenho de 8% possa parecer insignificante, deve-se ressaltar que em muitos casos a diferença entre o Xbox One e o PlayStation 4 é significativa devido a vários fatores, dos quais a necessidade de processar dados do Kinect é apenas um. Outro fator importante é o cache SRAM do Xbox One, que não é usado de forma eficiente em alguns casos.

Vale ressaltar que menos de três meses após o lançamento do Xbox One a detentora da plataforma está buscando formas de reequilibrá-la reduzindo o foco no Kinect e aumentando o desempenho gráfico tradicional.