G2A dará aos desenvolvedores acesso a banco de dados chave e pagamentos de royalties |

Foi uma semana e tanto para a G2A, que teve um pesadelo de relações públicas quando O desenvolvedor independente TinyBuild publicou um post no blog criticando as práticas de negócios da empresa . No entanto, parece que a G2A está disposta a fazer algumas mudanças para ser mais amigável ao desenvolvedor daqui para frente, isso inclui dar aos desenvolvedores acesso ao banco de dados de chaves para que eles possam ajudar a verificar as chaves obtidas ilegalmente, bem como os pagamentos de royalties em todas as vendas do mercado.

Em um e-mail enviado para Eurogamer , a G2A fez a seguinte declaração: Como líder no mercado de jogos digitais, reconhecemos nossa responsabilidade de servir o bem maior para toda a indústria de jogos. Eventos recentes demonstraram que precisamos avançar mais rápido para introduzir novos benefícios projetados com os desenvolvedores em mente e convidá-los a desempenhar um papel ainda maior na criação do mercado do futuro.



No futuro, os desenvolvedores podem solicitar seu corte de royalties de 'até 10%' em todas as vendas feitas no mercado G2A, eles também terão acesso ao banco de dados de chaves à venda no G2A para que possam ajudar a identificar quaisquer chaves obtidas por meios ilegais , como fraude de cartão de crédito.

Além disso, quem comprar no G2A também terá uma opção de 'financiamento do desenvolvedor', permitindo que eles contribuam um pouco mais para os desenvolvedores que possuem chaves no G2A. O lançamento deste novo sistema está previsto para 29 de julho.

Este é um passo na direção certa para a G2A, este novo sistema certamente parece mais justo do que o que estava na mesa anteriormente. Será interessante ver como os desenvolvedores e clientes regulares da G2A reagirão a essas mudanças daqui para frente.