Call of Duty: Vanguard não faz referência à Activision, após processo |

Call of Duty: Vanguard foi anunciado recentemente, apresentando o mais recente que a franquia de tiro em primeira pessoa tem a oferecer. Curiosamente, no entanto, o trailer não fez referência à sua editora Activision, dizendo Call of Duty Presents. Enquanto alguns especularam que isso se deve à recente controvérsia e processo contra a editora, um porta-voz negou isso.

Conforme observado por CharlieIntel , o logotipo da Activision não estava no trailer da Vanguard, pois a controvérsia do processo continua, com o cartão final do trailer mostrando apenas os logotipos da Sledgehammer, Treyarch e Beenox. Na verdade, o único lugar onde o nome da Activision é apresentado é durante o juridiquês – o que provavelmente era um requisito.



Em resposta a isso, um porta-voz da Activision disse que Call of Duty continuou a se expandir em um universo incrível de experiências. Esta foi uma escolha criativa que reflete como Vanguard representa a próxima grande parcela da franquia.

Independentemente de ser esse o motivo ou não, não há como negar que o nome Call of Duty está tão intimamente ligado à Activision há tanto tempo. Será interessante ver se o próximo jogo sofre de alguma forma como consequência da associação à Activision e seu recente processo em torno do suposto assédio sexual no local de trabalho – apesar da editora aparentemente tentar se distanciar do jogo.

O que você acha da situação da Activision? Você notou a falta da presença da editora no trailer? O que você acha da Vanguard como um todo? Deixe-nos saber abaixo.