Revisão do roteador Asus RT-AC3200 802.11ac |- Parte 3

1. Introdução2. Unboxing e Bundle3. Software e configuração4. Testes e Resultados 5. Considerações finais6. Ver todas as páginas

O software integrado e a interface para o kit de rede costumavam ser uma ode ao design da Web no estilo dos anos 90, com um desempenho lento terrível, não mais do que os recursos básicos absolutos fornecidos, e foi considerado na melhor das hipóteses uma reflexão tardia. Ter que fazer login para alterar uma configuração foi uma experiência frustrante.

Agora, porém, os fabricantes levam seus softwares mais a sério. O layout é melhor, os menus mais fáceis de navegar, você obtém mais recursos, melhor segurança e geralmente é muito mais rápido alterar qualquer configuração. Os processadores dual-core mais rápidos e mais memória nos roteadores 802.11ac modernos são em parte agradecidos.



Quase todos os roteadores agora têm um software melhor, mas alguns fabricantes fizeram um grande esforço. O software da AVM em seu Fritz! Os modelos de caixa sempre foram incríveis, e o esforço da Linksys é notável.

Mas com o RT-AC3200 (e o RT-AC87U), a Asus foi seriamente para a cidade, adicionando o máximo possível, mantendo o design realmente direto e fácil de usar.

Embora o RT-AC3200 forneça conectividade à Internet para clientes com fio assim que os conectamos, quando você acessa o software do roteador pela primeira vez, você precisa passar por uma curta sequência de configuração para definir uma senha sem fio e criar uma conta de usuário.

A tela principal se parece com outros roteadores Asus, com algumas adições. Há um sistema de notificação no canto superior direito para mostrar avisos quando você precisar alterar as senhas padrão ou atualizar o firmware. Clique neles e eles o levarão à página com a configuração exata a ser alterada.

Os SSIDs estão listados na parte superior e, abaixo, você verá o IP da WAN, uma lista de clientes e uma visualização rápida de todos os dispositivos USB conectados. À direita estão todas as informações necessárias para as redes sem fio. Clique na guia 'Status' para gráficos que mostram o uso de CPU e memória em tempo real.

Em primeiro lugar, devemos olhar para o recurso principal do AC3200, Smart Connect. Com a configuração desabilitada, o roteador emite três SSIDs sem fio separados e cada cliente pode se conectar a um dos três.

Com a configuração habilitada, apenas um SSID aparece quando um cliente o procura, e o roteador gerencia automaticamente a qual das três redes ele se conecta.

Clicar no botão 'AiProtection' abre uma tela que oferece controles dos pais e segurança do roteador. Ele pode bloquear sites maliciosos automaticamente e, se você realizar a Avaliação de Segurança do Roteador, permite desativar várias configurações que podem comprometer a segurança, enquanto ativa outras que podem melhorá-la.


A tela 'Adaptive QoS' mostra a quantidade total de largura de banda da Internet sendo consumida, com uma análise em tempo real da quantidade de dados que cada dispositivo em sua rede está consumindo. Você pode priorizar dispositivos arrastando rótulos coloridos sobre o nome de cada cliente.

Em outra tela, você obtém um log dos domínios aos quais cada cliente se conectou.

A tela 'Aplicativo USB' oferece um submenu de seis configurações para dispositivos USB conectados: AiDisk, Serviços de mídia, Impressoras de rede, modems 3G/4G, Time Machine (para Macs) e Download Master, o software Torrent integrado, usado se armazenamento externo está conectado.

A opção Media Server fornece configurações para um servidor iTunes, DLNA, compartilhamento de nuvem e compartilhamento de FTP.

A página do Modem USB está cheia de mais configurações para personalizar um modem 3G ou 4G conectado via USB, o que pode fornecer um substituto se sua conexão principal com a Internet cair.

O Download Manager requer a instalação remota de alguns pacotes de software antes de funcionar. É bastante rudimentar em comparação com os esforços que você obtém em alguns dispositivos NAS e é uma das poucas áreas do software que podem ser aprimoradas.

As configurações de VPN são todas bastante padrão.

Assim como as configurações do Firewall, com filtro de URL e palavra-chave, útil para administradores de rede.


O log do sistema é muito útil, separando wireless, DHCP, port forwarding e mensagens gerais.


A página 'Administração' permite fazer backup das configurações, alternar entre os modos de roteador, ponto de acesso e ponte e atualizar o firmware.

As configurações de WAN fornecem todas as configurações para NAT, DDNS, DMZ, Encaminhamento de porta e assim por diante.

A página de configurações sem fio 'Profissional' possui dezenas de opções avançadas para configurar suas redes sem fio, a maioria das quais pode ser deixada com segurança no padrão.

Na parte inferior está o menu 'Ferramentas de Rede'. A quarta guia traz várias configurações para personalizar exatamente como o Smart Connect aloca redes sem fio aos clientes. Você pode escolher a intensidade mínima do sinal necessária para o switch e assim por diante. Não está muito bem definido, com pouco texto para explicá-lo, e é um dos raros exemplos do software que precisa de um pouco mais de atenção da Asus. Sem surpresa, não alteramos nenhuma dessas configurações durante o teste.