Apple adia lançamento do MacBook Air 12 por causa do 'Broadwell' da Intel |

Sendo um parceiro muito próximo da Intel Corp., a Apple naturalmente depende da capacidade da fabricante de chips de fornecer novas unidades de processamento central a tempo. Aparentemente, o atraso do processador Broadwell de próxima geração da Intel fez com que a Apple reconsiderasse seus próprios planos e agora o aguardado MacBook Air 12 com tela de classe retina deve ser lançado apenas em 2015.

O Apple MacBook Air 12 era originalmente esperado para ser lançado no segundo trimestre de 2014 ou no terceiro trimestre de 2014, mas pode ser tarde e só surgir em 2015, relata 9to5Mac . O dispositivo está projetado para apresentar uma nova estrutura em concha, que deverá tornar o novo MacBook Air (MBA) ainda mais fino e leve que os modelos da geração atual. Além disso, como os microprocessadores Broadwell da Intel feitos com tecnologia de processo de 14 nm devem consumir uma quantidade muito limitada de energia e emitir uma quantidade muito limitada de calor, espera-se que o novo MacBook Air 12 não tenha ventoinha.

Como o MacBook Air 12 parece ter sido projetado desde o início para ser alimentado pelo microprocessador Broadwell da Intel, o atraso deste último naturalmente atrasa o novo MBA.



Espera-se agora que a Apple apresente seus novos laptops MacBook Air 11″ e 13″ com chips Intel Core i-series Haswell Refresh este ano. Os novos notebooks dificilmente serão muito diferentes dos modelos existentes e, portanto, não catalisarão os atuais proprietários para atualizar.

Tendo em mente o fato de que a Intel supostamente pretende lançar seus novos processadores de codinome Skylake de próxima geração no segundo trimestre do próximo ano, é possível que a Apple ignore o Broadwell e adote seu sucessor. Ainda assim, tendo em mente que a Apple pode receber remessas prioritárias da Intel, ela pode simplesmente colocar o Broadwell bem à frente de outros fabricantes de PCs e não haverá razão para esperar pelos chips Skylake.

Apple e Intel não comentaram a notícia.

Foi uma questão de tempo até que surgissem os primeiros relatórios sobre atrasos no lançamento de produtos por causa dos problemas da Intel com Broadwell. É lógico esperar que outros fabricantes de PCs, que depositaram esperanças nos chips Broadwell de baixo consumo de energia da Intel, também adiem seus produtos inovadores.