RX Vega da AMD tem grande pontuação no benchmark DX12 de realidade virtual |

Este mês, a Futuremark começou a lançar o benchmark Cyan Room, seu mais recente benchmark focado em realidade virtual para o software VRMark. Sabemos há algum tempo que a AMD vem pressionando por maior desempenho de VR em suas GPUs, mas parece que Vega realmente brilha nesse benchmark específico.

Em um e-mail enviado para nós esta manhã, o pessoal da Radeon apontou que o RX Vega 64 e o RX Vega 56 têm um desempenho particularmente bom no Cyan Room, superando o GTX 1080 e o GTX 1070Ti. A RX 580 também supera a GTX 1060. Você pode ver os dois gráficos de benchmark abaixo:



O RX Vega 64 conseguiu marcar 170 quadros por segundo neste benchmark, enquanto o RX Vega 56 marcou 162 quadros por segundo. Enquanto isso, a GTX 1080 fica a 140 quadros por segundo, a GTX 1070Ti a 130 quadros por segundo. A RX 580 luta contra a GTX 1060, com 103 quadros por segundo e 82 quadros por segundo, respectivamente.

Notavelmente, a GTX 1080Ti está faltando nesta lista, é seguro assumir que a placa de jogos topo de linha da Nvidia dominaria o gráfico. Ainda assim, dado que o RX Vega 64 visa especificamente a GTX 1080, este não é um resultado ruim para a AMD no que diz respeito aos jogos de VR.

Atualmente, os softwares 3DMark, VRMark e PCMark 10 da FutureMark fazem parte da venda do Steam Autumn.

Muitos de vocês atualmente usam seu sistema para realidade virtual? Quão importante é o desempenho de VR quando se trata de decidir qual GPU comprar?