AMD apresenta GPU 'Tonga', placas gráficas Radeon R9 285 |

A Advanced Micro Devices apresentou oficialmente sua nova placa de vídeo Radeon R9 285, bem como a unidade de processamento gráfico Tonga de codinome. A nova placa gráfica custará US$ 249 e foi projetada para oferecer desempenho semelhante ao da Radeon R9 280.

A AMD Radeon R9 285 baseada na GPU Tonga Pro possui 1792 processadores stream, 112 unidades de textura, 32 unidades operacionais raster e interface de memória de 256 bits. O chip gráfico tem clock de 918 MHz, enquanto a frequência de memória GDDR5 recomendada é de 5,50 GHz. A placa gráfica requer dois conectores de alimentação PCI Express de 6 pinos e consome até 190W, de acordo com a AMD. A Radeon R9 285 com 2 GB ou 4 GB de RAM estará disponível em 2 de setembro de 2014 por US$ 249.

Mais tarde, a AMD planeja lançar sua Radeon R9 285X que contará com a unidade de processamento gráfico Tonga XT com até 2048 processadores de fluxo, 128 unidades de textura e taxas de clock presumivelmente mais altas.



O processador gráfico de codinome Tonga da AMD é baseado em uma nova encarnação da arquitetura GCN [graphics core next]. A GPU suporta recursos DirectX 11.2, Eyefinity, TrueAudio e outras tecnologias suportadas por outros chips gráficos AMD.

A GPU Tonga não foi projetada para oferecer desempenho de ponta, mas para alimentar placas gráficas convencionais de desempenho que devem ser competitivas em termos de preço.

A GPU Tonga é basicamente uma versão mais barata do bom e velho chip gráfico Tahiti que custa um pouco menos de fabricar e que tem menor largura de banda de memória. Se você já possui uma Radeon R9 280/R9 280X ou uma Radeon HD 7950/7970, então a Radeon R9 285/285X não é para você.